PROGRAMAÇÃO

10.11 – QUARTA FEIRA 

 

 

10h00 –  Oficina Cultural Literária 

Tema: Confecção de livros cartoneros

Mediadora: Karolzinha da Silva

Esta oficina trará a introdução da história e memória do movimento cartonero; apresentação de corte e pintura das capas dos livros; dicas de escrita e produção de escrita para  futuros  livros

Karolzinha da Silva é psicóloga, cantora, compositora e escritora da periferia de Guarulhos, São Paulo. Autora dos livros “Frô de Cactus” (2019, Va Cartonera) e “Bora prosear um pouco? Feminismo nosso de cada dia” (2021, Editora Letramento), acredita na arte como instrumento de educação e transformação social. 

Link de inscrição: https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSeOL3y-TUWnGaCra-7AamaphoHa8HPDTsY1Cm_jVKkXszzmDQ/viewform?vc=0&c=0&w=1&flr=0

10h00 - E.E. REVERENDO URBANO DE OLIVEIRA PINTO

(Exclusivo para alunos)

Slam do Prego Da floresta de concreto pros pátios e salas das escolas, tem como objetivo apresentar todo o universo do Slam às comunidades escolares, exemplificando através de ações e despertando o interesse dos jovens e adolescentes pela escrita, leitura e construção textual e performática.  Com ênfase no ambiente escolar, o coletivo buscará trazer de forma expositiva, dinâmica e lúdica, um pouco da vivência que se tem na rua após anos de construção coletiva. Duração: 90 minutos 

Link: https://www.facebook.com/SlamdoPrego 

 

 

14h00 – Cada livro, uma história

(Contação de História com Mariana Pitta)

Livro do dia: UM PELO NA SOPA

A história: UM PELO não é a coisa mais estranha que pode aparecer numa sopa. UMA MOSCA não é a coisa mais estranha que pode aparecer numa sopa. Sabe o que seria muito mais estranho aparecer NUMA SOPA? Com ilustrações pra lá de divertidas, acompanhamos esse continho absurdo, surreal e delicioso de Nogués e Guridi - duas figuras brilhantes da cena de literatura infantojuvenil espanhola. 

Para todos que amam livros ilustrados.

Link: https://www.youtube.com/channel/UCBTNwvrAymHW4XpZtI5l1MA

15h00 – Dando ideias

Tema: A experiência Braudel: O Programa Círculos de Leitura nas Escolas públicas 

Convidadas: Catalina Pagés e Madu Gomes 

Relato sobre a experiência do Programa Círculos de Leitura do instituto Braudel. Apresentação do histórico do programa, objetivo, metodologia e resultados, com abertura de fala para que os participantes possam comentar o texto e tirar suas dúvidas sobre o Programa.

Catalina Pagés - Diretora do Programa Círculos de Leitura. Espanhola da Catalunha, estabelecida no Brasil há quarenta anos. É a fundadora e coordenadora geral do Programa de Círculos de Leitura. Graduada em psicanálise e em Filosofia pela UERJ, é membro do departamento de psicanálise do Instituto Sedes.

Maria Eduarda Gomes (Madu): Coordenadora do Programa Círculos de Leitura. Graduada em Comunicação Social na Unesp, com intercâmbio na Universidad de Sevilla, na Espanha. Foi professora de Língua Portuguesa na Rede Estadual do Mato Grosso pelo Programa de formação de lideranças do Ensina Brasil. Participou do programa Cidadão Global da AIESEC em Cochabamba (Bolívia), na gestão de uma ONG que atendia alunos de uma região periférica no contraturno escolar.

Link: https://www.facebook.com/felili.sm

16h00 – EE ENGENHEIRO PEDRO VIRIATO PARIGOT DE SOUZA (exclusivo para alunos) 

Sarau do MAP “Nós estamos aqui!”

O coletivo Movimento Aliança da Praça – MAP, que atua desde 2013 promovendo a interação literária e poética em São Miguel Paulista, com a realização de atividades com saraus, slams, batalhas de rima, rodas de conversa e lançamento de livros nas praças, escolas, ong's e equipamentos públicos, prepara uma ação online em forma de vídeo-sarau para integrar mais uma vez as atividades do tradicional Festival do Livro e da Literatura de São Miguel Paulista, trazendo a apresentação de seus membros de forma artística, entre oralidade, poemas, improvisos em rima e músicas ao violão,  dialogando com o tema selecionado neste ano (visíveis e invisíveis: literatura, internet e democracia). Duração: 30 minutos. com  Anna Bueno, Rafael Carnevalli, Historiador e Diego Rocha.

Link: https://www.facebook.com/MovimentoAliancadaPraca 

 

18h00 – Lyra Das Artes Apresenta: 

Lançamento do livro “Música Solar para dias Sombrios”

A cantora e compositora Bel Fontana, também conhecida como Blubell, lança seu livro pela editora Lyra das Artes dentro da FELILI. Ela começou sua carreira solo em 2006 com o disco autoral “Slow Motion Ballet”. Seu Segundo disco - “Eu Sou do Tempo em que A Gente Se Telefonava” (2011), entrou para o hall de artistas independentes da sua geração, apresentando-se no Japão e sendo a primeira artista solo feminina do Brasil a participar do festival Lollapalooza. Com o disco de versões “Blubell & Black” Tie (2012), comprovou sua veia de intérprete e ganhou o Prêmio da Música Brasileira de “Melhor Disco em Língua Estrangeira”. Com “Diva é Mãe” (2013), solidificou seu estilo de composição com canções que mais parecem crônicas saídas da vida cotidiana, misturando amor com humor e pop com jazz. Foi uma das três cantoras indicadas a “melhor cantora pop” do 25º Prêmio da Música Brasileira, ao lado de Gal Costa e Ná Ozzetti. Em 2016,  seu quinto álbum, “Confissões de Camarim”,  traz faixas autorais e  parcerias com Zeca Baleiro.  Em 2021 lança seu sexto Álbum Música Solar para Tempos Sombrios junto com seu livro de estreia.

Link: https://www.facebook.com/felili.sm

 

 18h00 – Lançamento da Câmara Periférica do Livro

livro: A Princesa Mahim

Autor: Fabio Mandingo - Ilustrações: Pedro Sobrinho

Editora Ciclo Contínuo

Sobre o livro: "Sankara e seus amigos de escola partem para uma excursão até o Parque São Bartholomeu, em Salvador (BA). Motivados por Kiala e Dani, as irmãs Mahin, resolvem explorar o Parque, fora do roteiro da professora, em busca de histórias de sua ancestralidade, o que conduz Sankara magicamente até o histórico Quilombo do Urubu, onde ele tem que lidar com violentos capitães do mato e aprende com os quilombolas liderados pela Rainha Zeferina sobre lealdade, amizade, fé e amor.  Em 'A Princesa Mahin' Fábio Mandingo mescla fantasia e história das lutas de resistência negra no Brasil, em uma trama envolvente e encantadora." - Ilustrações de Pedro Sobrinho.

Fábio Mandingo (BA) nasceu em Santo  Amaro da Purificação/BA, mas cresceu e  vive na capital baiana. É professor de  História e Mestre em educação pela UNEB.  Autor dos livros “Salvador Negro Rancor”,  "Morte e Vida Virgulina" e "Muito como um  Rei", todos pela Ciclo Contínuo Editorial. 

Link: www.literarua.com.br

 

19h00 – Lançamento da Câmara Periférica do Livro

Livro: Negro: de bom escravo e mau cidadão

Autor: Clovis Moura -  Editora Dandara

 “O Negro, de bom escravo a mau cidadão?” foi  editado originalmente em 1977, passados 44 anos da 1ª edição temos a enorme satisfação de re-editar e trazer para o público essa importante obra de Clóvis Moura.  Desde Rebeliões da senzala: quilombos, insurreições, guerrilhas (1959) até o Dicionário da escravidão negra no Brasil (2004), Clóvis Moura construiu uma densa e vasta produção teórica que coloca a população negra como sujeito político ativo na dinâmica da sociedade de classes brasileira.

Clóvis Steiger de Assis Moura (1925 – 2003), mais  conhecido como Clóvis Moura, foi historiador,  sociólogo, poeta e jornalista. Publicou vinte e seis  livros, além de uma série de artigos em periódicos. Como intelectual e figura pública destacou-se no  campo das Ciências Humanas e na militância  comunista. Em suas pesquisas tratou da rebelião  dos escravos e da formação dos quilombos. Apoiando-se na teoria de Marx, analisou a luta de classes no sistema escravista bem como a  inserção e a luta da população negra no pós  abolição, desenvolvendo assim uma teoria da  Práxis Negra.

Link: www.literarua.com.br

 

19h10 - Lyra das Artes apresenta:

Lançamento do livro “Solidões compartilhadas e as histórias que as mulheres contam”, de Tamiris Volcean

Tamiris Volcean. De Catanduva, interior de São Paulo, é jornalista e doutoranda em literatura brasileira (USP). "Solidões Compartilhadas: pequenas histórias para incentivar mulheres a conquistar o mundo" relata a experiência de viajar sozinha por cidades europeias  e destinos como o Caminho do Sertão, Minas Gerais, fazendo a rota do enredo de Guimarães Rosa a pé,  demonstrando que ser mulher em qualquer lugar do mundo é sempre desafiar as regras do patriarcado e lidar com estruturas machistas prontas para fazê-las duvidarem de si mesmas. Para a autora, compartilhar solidões é também criar uma rede de apoio e afeto.

Link: https://www.instagram.com/lyradasartes/?hl=pt-br

 

 

19H30 – OFICINA CULTURAL LITERÁRIA ONLINE   

Oficina:  Autonomia feminina através da escrita: a dona da voz

Mediação: Grazy Nazário

A proposta desta oficina é utilizar a escrita para estimular autoconhecimento e o empoderamento feminino. Entre as propostas está a de apresentar ferramentas e informações que propõem reconhecer no cotidiano uma realidade em constante mudança, e embora carregada de preconceitos e barreiras sociais e culturais a partir do gênero e de outras vertentes, estabelecer espaço e protagonismo.

Link para inscrição: ​https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSd-LMcbXMokbmrjz_6-dX6d4xajJ4rNksx8f8iGEYoF42RjRA/viewform?vc=0&c=0&w=1&flr=0

 

20h00 - Instagram Lyra das Artes apresenta:

Lançamento do livro “A jornada de Pablo na sala de aula”,

de Rafael Gonzaga

Rafael Gonzaga é escritor, professor e historiador com mestrado e doutorado sobre as cosmogonias e arte africanas e a concepção de África imaginada pelas vanguardas europeias. Professor do ensino básico, encontrou uma interlocução muito sensível com crianças e adolescentes, apostando nesses jovens leitores a construção de novos conhecimentos sobre as Áfricas.  Na obra dedicada ao público infantojuvenil, A Jornada de Pablo, editada pela Lyra das Artes, o escritor apresenta o curioso Pablo, inspirado no famoso pintor espanhol Pablo Picasso. A aventura começa quando ao visitar o museu criado pelo Sr. Picot com o seu tio-avô, Pablo descobre uma misteriosa fenda, que o leva para as profundezas dos rolos fotográficos do velho francês. Ele é guiado por ninguém menos que Exu, aqui representado por um menino travesso e muito esperto, que explica a Pablo todas as diferenças e curiosidades da cosmogonia iorubá presentes no museu.

Link: https://www.instagram.com/lyradasartes/?hl=pt-br

 

20h15 – Papos e Pontes

Tema: Literatura, Letramento e Educação: 100 anos de Paulo Freire

Convidados: Sônia Couto Souza Feitosa  e Mariangela Graciano

Ponte: Sacolinha 

Sônia Couto Souza Feitosa Mestre em Educação e doutora pela Faculdade de Educação da USP. É autora do livro Método Paulo Freire, a reinvenção de um legado Brasília (Liber livros, 2008) e de livros didáticos para EJA na perspectiva freiriana. Foi uma das coordenadoras responsáveis pelo Projeto Memória Edição Paulo Freire (2005). Participou como docente e coordenadora pedagógica de projetos de Alfabetização de Jovens e Adultos. Coordena o Centro de Referência Paulo Freire, que tem como missão socializar e dar continuidade ao legado de Paulo Freire. 

Mariângela Graciano é Professora do Dep. de Educação da UNIFESP, com foco em pesquisa sobre educação de pessoas jovens e adultas privadas de liberdade e Educação Popular. É membro do Observatório dos Direitos Educativos da População Carcerária e da coordenação da Escola de Cidadania da Cidade Ademar e Pedreira. Integra o Grupo de Pesquisas e Estudos Freireanos e a Cátedra Cátedra UNESCO de Pesquisa Aplicada à Educação na Prisão.

Ademiro Alves de Sousa (Sacolinha) é escritor, reconhecido por seu ativismo literário. Com indicações ao Prêmio Jabuti e  realizador de projetos culturais, tem participação ativa em diversas revistas, antologias e obras coletivas publicadas nos últimos anos. No momento, prossegue com o trabalho de promoção cultural e ministrando oficinas literárias, organizando eventos e realizando palestras sobre literatura e inserções culturais, sociais e ambientais, como “Trajetória Literária”, “Literatura e Paisagismo - Revitalizando a Quebrada” e “Barraco Literário”. 

Link: https://www.facebook.com/felili.sm

 

20h15 – EMEF ARQUITETO LUÍS SAIA

(somente para alunos)

Editora Selin Trovoar apresenta: Oficina Cultural Literária 

Off Sina (PoemiNi) 

Esta oficina pretende lapidar ideias, sentimentos e histórias para escrever poesia através de exercícios, curiosidades, dicas e princípios para a criação de aforismos, haicais, etc, uma conversa com provocações para a escrita e autoconhecimento – utilizando diálogos cotidianos, imagens, músicas e obras literárias como matérias-primas.

Nivaldo Brito (Ni Brisant) é escritor, linguista e editor. Publicou nove livros, alguns traduzidos para o espanhol, francês e inglês. Orientou escritores no Programa Vocacional Literatura da prefeitura de São Paulo em 2017, ministrou oficinas de escrita na América Latina com o método Off Sina – inspirado nas práticas de Paulo Freire e do colombiano Javier Naranjo.  Duração: 90 minutos

 

22h00 – Músicas e Cenas Literárias

Colóquio com Personagens I (teatro)

Texto: Luigi Pirandello. Dramaturgia e Atuação: Flávia Bertinelli. Direção: Cris Lozano. Assessoria de Som, Luz e Vídeo : Gil Almeida)

Sinopse Colóquio com Personagens I, trata da angústia do autor diante da entrada da Itália na Primeira Guerra Mundial, impossibilitando-o de organizar seu universo criador. A presença e teimosia de uma das personagens, impedem-no de fugir à própria verdade e a escritura Pirandelliana, longe de ser um tipo de fuga, torna-se uma reflexão sobre seu próprio processo criativo.

Flávia Bertinelli é atriz formada pela EAD-ECA-USP; mestranda em artes cênicas pela ECA-USP e commedia dell'arte na Itália; há vinte anos dedica-se à atuação e pesquisa de manifestações do teatro épico e de formas populares, com ênfase no teatro de máscaras, atuando, dirigindo, orientando ou ministrando cursos dentro e fora de São Paulo, no intuito de ocupar espaços/territórios através do jogo e importância do brincar,  como expressões disparadoras  para fomentar a imaginação.

Link: https://www.facebook.com/felili.sm